Conheça as dez profissões mais bem pagas do mercado

Engenharia, publicidade ou medicina? Os novos candidatos ao mercado de trabalho buscam cada vez mais por oportunidades de um futuro promissor.

Quem não sonha em ganhar bem em poucos anos de estrada profissional? Esse é a vontade de milhões de brasileiros trabalhadores que procura a melhoria da qualidade de vida, mas, as coisas não são tão simples assim. Por trás de qualquer profissão, há um investimento em cursos profissionalizantes, técnicos e universitários que qualificam os profissionais para o mercado de trabalho, fazendo com que os cidadãos consigam melhor colocação profissional e até altos salários com grande reconhecimento. Porém, ainda existem áreas de atuação que são pouco reconhecidas e com menos vagas, as quais não são aconselháveis investir. Através da atual análise de risco é possível identificar as áreas mais promissoras do mercado do século XXI.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

O fato é que alguns profissionais querem melhorias no emprego não possui o empenho necessário e esperado de seu lado profissional. Para isso, é preciso que os candidatos às vagas tenham interesse, aptidão e abrir concorrência direta com outros profissionais da área. Além disso, o candidato precisa buscar outros meios de melhorar seu currículo – oportunidades aumentam quando o candidato tem um bom curso e com atividades complementares como linguagens, informática e especializações – são diferenciais que o mercado busca. Um dos fatores mais importantes para se arrumar um bom trabalho é se esforçar ao máximo em ser um bom profissional, ter pró-atividade, interesse, vocação e nunca parar de buscar pelas oportunidades. Através dessas ações, o profissional poderá se inserir dentro do mercado das profissões mais bem pagas.

Comprovado por dados de pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, de 2009, aponta que quem mais estudou na vida, possui um salário maior. Ou seja, um candidato que possui pós-graduação tem ainda mais chances de arrumar um trabalho com um salário compatível ou maior do que seu piso salarial. De acordo com a pesquisa, o salário pode aumentar até 15% no fim do mês, aumentando também o cargo e as responsabilidades.

Os dados são claros e os doutores que cuidam da saúde saem na frente. Um médico com mestrado ou doutorado ganha em média R$ 8.966,07, seguido por mestres ou doutores do curso de Administração de Empresas, cujo salário está em média R$ 8.012,10. Outra profissão tem destaque desde os primórdios, porém, a concorrência aumenta a cada ano, que é Direito – o advogado com mestrado ou doutorado ganha os maiores salários do mercado, em média R$ 7.540,79.

Duas outras profissões com maiores prospecções de mercado no cenário atual e que devem ser destacadas são Ciências Econômicas e Contábeis e Engenharia. Essas profissões possuem grandes chances de aumentar cada vez mais as vagas nessas áreas no mercado de trabalho e, por curiosidade, os salários já estão no ranking dos mais altos: R$ 7.085,24 e R$ 6.938,39 respectivamente. A média de quem fez mestrado e doutorado é de R$ 5 mil para essas áreas, e vale a pena ressaltar que as áreas que se destacam são de gerência, por isso muitos buscam estudar cursos de gestão pois, além de serem de menor duração – cerca de dois anos – os cursos vão direto ao ponto do cargo buscado no mercado de trabalho, que é o comando de uma equipe. Para comandar, além de muito treino e técnica, o profissional terá que criar um perfil empreendedor e vestir a camisa da empresa. Veja a relação completa da pesquisa da FGV dos profissionais mais bem pagos:

1- Medicina (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 8.966,07

2- Administração (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 8.012,10

3- Direito (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 7.540,79

4- Ciências econômicas e contábeis (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 7.085,24

5- Engenharia (mestrado ou doutorado)
Salário médio: R$ 6.938,39

6- Medicina (graduação)
Salário médio: R$ 6.705,82

7- Outros cursos de engenharia (graduação)
Salário médio: R$ 6.141,05

8- Engenharia mecânica (graduação)
Salário médio: R$ 5.576,49

9- Engenharia civil (graduação)
Salário médio: R$ 5.476,85

10- Outros cursos de mestrado ou doutorado
Salário médio: R$ 5.439,32

Mesmo se essas áreas não se ajustam ao seu perfil, vale a pena buscar algo que identifique com seu perfil profissional, facilidade e vontade de fazer. Tudo o que se faz com afinco e dedicação pode se tornar um meio de sucesso profissional, e sem dúvidas, este é um caminho que vale muito a pena seguir.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

01 Comentário

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.