Como superar o fim de um relacionamento

Terminar um relacionamento não é fácil para ninguém. Veja as dicas para você sair de cabeça erguida.

O namoro que começou tão cheio de promessas aos poucos vem degringolando. O amor não é mais o mesmo e de repente tudo acaba. Se não há mais chance de voltar, não adianta ficar chorando a vida toda. Bola para frente, pois a fila anda. Saia de cabeça erguida.

Mas há pessoas que passam o tempo todo se remoendo, chorando pelos cantos, implorando por uma volta. Antes de tudo é preciso se valorizar. Se o parceiro pôs um fim na relação e não há chance alguma de reconciliação, reveja sua posição. Será que não é melhor procurar um novo amor?

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

O caminho até a superação pode ser longo e penoso e vai depender de cada um. Para ninguém é fácil passar por isso. Há várias fases pós-rompimento. Veja dicas para você superá-las e sair pronta para encarar um novo relacionamento:

Fase da negação: é quando você nega que o namoro acabou e se ilude em imaginar que possa haver chance de reversão. Essa fase é muito sofrida, cuidado para não se desvalorizar perante uma pessoa que não lhe quer mais. Para sair dessa encare as coisas de frente. Ame-se!

Fase do luto: levar um fora não deixa ninguém feliz, mas há pessoas que simplesmente sentem o mundo desabar sobre elas. A vontade de ficar chorando em um canto é constante e o “falecido” parece ser o único homem existente na face da Terra. Sofrer tem seu lado bom, já que é necessário expiar toda a dor. Só não dá para ficar chorando a vida toda. Procure suas amigas, faça uma viagem, proponha-se a novidades. Enquanto você sofre, ele já pode estar com outra. Faça o mesmo e assim que você se sentir mais forte, vá em busca de um novo amor.

Fase da raiva: ele terminou a relação e você se sente uma trouxa. Afinal você fazia tudo para ele, enchia seu amor de mimos e cuidados e ainda assim não foi valorizada. A vontade é de quebrar tudo, inclusive ele. A cabeça dá mil voltas. O bom de atravessar essa fase é que a raiva pode lhe ajudar a sair do buraco mais rápido. Mas não fique irada por muito tempo e nem guarde ressentimentos. Você não é vítima de nada, portanto bola para frente. Procure alguém que lhe dê valor e esqueça o passado.

Fase da superação: assim que você começar a separar as coisas boas e ruins do relacionamento, é sinal de que a pior parte já passou. Com a mente mais leve e menos raiva ou dor no coração, fica mais fácil de tocar a vida e fazer finalmente a vida andar.

Sofrer e chorar rios de lágrimas é comum. Anormal é levar a situação por muito tempo, esquecendo que há uma vida além do ex-parceiro. Ajude-se. Apague mensagens de celular, delete o número dele do celular e das suas redes sociais. Recomece a sua vida e seja feliz com você mesma. Ou com um novo alguém.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.