forbrukslån på dagen | effektiv rente forbrukslån | forbrukslån

Chulé – Aprenda como acabar com esse mal

Chulé: Livre-se do mau cheiro nos pés com dicas simples.

Um dos mecanismos de defesa do nosso organismo contra o calor é o suor. Por meio das glândulas sudoríparas, quando a temperatura do corpo começa a subir, o organismo libera líquidos – o suor – para resfriar a superfície da pele, controlando a temperatura interna para o melhor funcionamento dos órgãos.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Algumas partes do nosso corpo tendem a suar mais e constantemente, como as axilas, palmas das mãos e dos pés. Embora o suor seja inodoro, ele serve de alimento para diversas bactérias e, como reação adversa, a presença destas bactérias acabam causando mau cheiro.

Para prevenir o cheiro ruim nas axilas – o famoso cecê -, basta usar desodorantes antiperspirantes e antibactericidas para resolver o problema. Só que os pés não contam com este tipo de produto para auxiliá-los e, como ficam o dia todo trancados dentro de sapatos, são os que mais sofrem do odor desagradável: o chulé.

Para prevenir e tratar este mal pode-se procurar um dermatologista ou simplesmente mudar alguns hábitos simples. Substitua as meias de tecidos sintéticos pelas de algodão, já que a fibra natural costuma absorver melhor a umidade, evitando que o suor fique à disposição do banquete dos micro-organismos.

O tipo de calçado também faz diferença, já que aqueles de materiais naturais, como pano e couro tendem a dar menos chulé do que os de produtos sintéticos como borrachas e plásticos. Também evite usar o mesmo calçado em dias seguidos. É importante deixar o sapato “respirar” para enxugar o suor antes de ser calçado novamente. Pode-se ainda aplicar um pouco de lisoforme (um desinfetante poderoso) dentro das palmilhas ou talcos que matam os micro-organismos.

Lavar os pés com uma solução de água e vinagre branco também é bastante efetivo para matar as bactérias que causam o mau cheiro nos pés. Deixar os pés ao ar livre, com calçados abertos ou mesmo andar descalço quando possível também é importante para a saúde dos pés e da pele desta parte do corpo.

Mantenha as unhas sempre curtas e higienizadas para evitar o acúmulo de bactérias nesta região. Sempre que for lavar os pés, experimente passar uma escovinha macia com sabonete sob as unhas para higienizá-las. Também procure secar bem os pés antes de calçar os sapatos, dando atenção especial à região entre os dedos, que têm dobrinhas que podem guardar umidade, sendo um ambiente perfeito para a proliferação dos micro-organismos.

Há no mercado, atualmente, pomadas e cremes formulados especificamente para combater a sudorese excessiva dos pés. Muitos são importados e chegam ao país com um alto custo. Eles são bastante efetivos e quem tem muito chulé deve cogitar a possibilidade de compra-los para tratar o problema, evitando constrangimentos sempre que precisar tirar os sapatos por aí.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.