As maiores goleadas da história da Seleção

Saiba quais foram as maiores surras já aplicadas pelo Brasil no futebol em todos os tempos.

Você sabe quais foram as maiores goleadas da história da Seleção Brasileira?

No último jogo a Seleção Brasileira aplicou uma histórica goleada de 8 a 0 sobre a China. O time de Mano Menezes pode não estar indo muito bem nas competições e amistosos que tem disputado, mas entrou para a história por conta desta partida, realizada em Recife. Trata-se da quinta maior goleada já aplicada pelo Brasil nos 98 anos que a seleção nacional atua em campos mundo afora.

As maiores goleadas da história da Seleção

Relembre agora as dez maiores goleadas aplicadas pelo Brasil neste quase um século de futebol nacional. Três delas ocorreram nos últimos sete anos. A Bolívia é a nossa maior vítima, aparecendo em três destes dez jogos.

10. Brasil 8 x 1 Bolívia, 01/03/1953
Partida disputada pelo Campeonato Sul-Americano, antigo nome da Copa América, no Estádio Nacional de Lima, no Peru. O destaque da partida foi o ponta-direita Julinho Botelho, que jogaria a Copa de 1954: marcou quatro gols contra os bolivianos.

9. Brasil 9 x 2 Equador, 21/02/1945
Partida válida pelo Campeonato Sul-Americano, onde o destaque maior ficou para Ademir Menezes, autor de três gols. O jogo ocorreu em Santiago, no Chile, no Estádio Nacional, onde o Brasil ganharia, 17 anos depois, o bicampeonato mundial.

8. Brasil 8 x 0 Bolívia, 14/07/1977
Goleada expressiva, por ser relativamente recente e ter ocorrido em Eliminatórias para a Copa de 1978. O jogo ocorreu em Cáli, na Colômbia. Zico foi o grande nome da partida, marcando quatro gols. Roberto Dinamite, Gil, Toninho Cerezo e Marcelo completaram o placar.

7. Brasil 8 x 0 Emirados Árabes, 12/11/2005
Embalado pela conquista da Copa das Confederações e da ótima campanha nas Eliminatórias, a seleção de Parreira goleou os Emirados Árabes em ritmo de treino em Abu Dhabi. Os gols foram de Juninho Pernambucano (2), Fred (2) Kaká, Adriano, Lúcio e Cicinho.

6. Brasil 8 x 0 Seleção de Lucerna, 30/05/2006
Às vésperas da Copa de 2006, a seleção enfrentou um combinado suíço e não encontrou quaisquer dificuldades, goleando por 8 a 0. Ronaldo e Adriano fizeram dois gols cada. Kaká, Lúcio, Juninho Pernambucano e Robinho completaram a goleada.

5. Brasil 8 x 0 China, 10/09/2012
O jogo da última segunda-feira. A contestada seleção de Mano Menezes pegou uma China com problemas de escalação e goleou por 8 a 0, no Arruda, em Recife. Neymar foi o destaque, marcando três gols.

4. Brasil 9 x 1 Equador, 03/04/1949
Não era à toa que a seleção de 1950 chegou à Copa como favorita. Além de jogar em casa, empilhava goleadas históricas na preparação para o Mundial. Eis uma dar maior delas: 9 a 1 no Equador, em São Januário, pelo Sul-Americano.

3. Brasil 9 x 0 Combinado de Durazno, 28/11/1923
A mais antiga das supergoleadas da seleção foi aplicada sobre um selecionado de uma cidade uruguaia, há quase 90 anos. Zezé foi o destaque, marcando quatro vezes. O jogo foi disputado na própria cidade de Durazno.

2. Brasil 9 x 0 Colômbia, 23/03/1957
Com uma escalação muito parecida com a da Copa de 1958 (ainda sem Pelé), o Brasil aplicou 9 a 0 na Colômbia pelo Sul-Americano, em Lima, no Peru. Evaristo de Macedo fez cinco gols. Em 2000, o Brasil voltaria a fazer 9 a 0 nos colombianos, mas com o time pré-olímpico.

1. Brasil 10 x 1 Bolívia, 10/04/1949
Uma semana depois da quarta maior goleada de sua história, o Brasil faria a maior de todos os tempos: 10 a 1 na Bolívia. A partida ocorreu no Pacaembu e valeu pelo Campeonato Sul-Americano. A seleção só fez 10 gols em um único jogo duas vezes em toda a história: além deste jogo, aplicou 10 a 4 no Galícia, em 1934.

Gostou? Então Clique no Botão +1 e Curta no Facebook!


GRÁTIS: Receba atualizações por Email:

Cadastre seu email e receba atualizações do Blogadão no seu e-mail. É grátis!

Comente no Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

0 comentários

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.