A guerra de Tróia, deuses e heróis

A Guerra de Tróia é uma das mais monumentais histórias da humanidade. Conta-se que a história da guerra era transmitida oralmente por um rapsodo ou aedo, uma espécie de artista itinerante que viajava visitando as cidades em busca de dinheiro e pessoas para o ouvirem. O texto no qual se encontra grande parte da história é a Ilíada de Homero, o qual também era um aedo, porém não se sabe nem mesmo se ele tenha existido. O que se sabe é que a obra, antes de escrita, era recitada oralmente. A história era toda decorada por esses intérpretes, ao todo a Ilíada possui 15.693 versos! Imagine alguém decorando tudo isso!

A guerra entre gregos contra troianos, se deu em função do rapto (?) de Helena, mulher do lendário rei Menelau. O autor do rapto foi Páris, irmão de Heitor, príncipe de Tróia, que em visita a Esparta teria se apaixonado por Helena, que era considerada a mulher mais bela do mundo. Menelau então reúne um poderoso exército, tendo a frente Agamenon, seu irmão, rei de Micenas. Através do mar Egeu, eles enviavam mais de mil embarcações com soldados.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Em direção a Tóia também foi o grande Aquiles, poderoso guerreiro que acreditava-se invulnerável graças a sua mãe Tétis. Quando bebê, Aquiles foi mergulhado por sua mãe no sagrado rio Estige, ficando o calcanhar de fora, o famoso “calcanhar de Aquiles”, desgraça de nosso herói. Odisseu também foi personagem central da batalha, ao conceber astuciosamente a ideia do cavalo de Tróia.

Essa fantástica história pode ser lida na internet mesmo pessoal! Acesse aqui o texto e um documentário sobre a Guerra de Tróia. Divirtam-se.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

2 Comentários

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.