A estranha culinária chinesa

A culinária chinesa teve origem há mais de 3 mil anos! Como qualquer outro país possui pratos exóticos. Mas exóticos até para um chinês que vive em uma metrópole como Xangai. Essa estranha culinária se deve a extensão territorial chinesa, composta por desertos e regiões de ambiente adverso, fazendo com que os nativos procurem opções adaptáveis para se alimentar e daí o consumo de alguns animais não tão “digeríveis” assim para nós. Veja algumas das “maravilhas” da culinária chinesa abaixo.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Feto de pato: essa iguaria é preparada no exato momento em que o filhote está para quebrar o ovo. É cozido e geralmente se come no café da manhã.

Coró: é conhecido por bicho – de – pau, e degustado como aperitivo cru.

Kopi Luwak: olhando é um tipo de café até comum. Porém, o estranho é seu processo de preparação. Um civeta (um animal parecido com um guaxinim) ingere as sementes de café, e os grãos são coletados nas fezes do animal. Depois os grãos são limpos e recebem o mesmo tratamento do nosso cafezinho!

Ainda pode-se encontrar “apetitosas” aranhas grelhadas, larvas de abelha, carne de rato, carne de cachorro, sangue de serpente, pênis de boi, pênis de jumento, lagartixas fritas, sopa de ninho de andorinha.

Muitas dessas comidas, acreditam-se ter propriedades afrodisíacas, como o sangue de serpente e os pênis de jumento e de boi. Segundo os tradicionais chineses degustadores desses pratos, eles aumentariam a libido e facilitam ereções.

Quem se arriscaria a comer uma dessas iguarias?

Bom apetite!

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

3 Comentários

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.