A drenagem linfática facial

É um procedimento para melhorar o aspecto da pele, mas a drenagem linfática facial vai muito além.

Os benefícios da drenagem linfática facial são amplos: a prática estimula o sistema de defesas orgânicas e melhora a circulação sanguínea na área em que é aplicada. O procedimento também é indicado no pré e pós-operatório de cirurgias faciais, reduzindo hematomas, edemas e inchaços nas pálpebras, comuns nos primeiros dias de convalescença.

Com a drenagem linfática facial, os profissionais de saúde conseguem reduzir o tempo de recuperação, apressando a alta hospitalar e garantindo, desta forma, a melhoria do bem-estar do paciente. A técnica é empregada também para suavizar rugas e linhas de expressão e renovar a pele.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Muitas pessoas acreditam que a drenagem linfática é indicada para apenas alguns casos, como o tratamento contra celulite, gordura localizada (especialmente no abdômen e nos quadris) e retenção de líquidos. Todas estas indicações são válidas, mas existem outras condições em que a massagem é extremamente útil.

O que é a drenagem linfática facial?

Na primeira etapa da drenagem linfática facial, técnica de massagem indicada para a eliminação de toxinas armazenadas nos tecidos do rosto, o profissional executa movimentos específicos (principalmente no colo, nas axilas e no pescoço) para facilitar a abertura dos gânglios mais importantes. Estes pequenos órgãos são responsáveis pela “faxina” orgânica.

Em seguida, os líquidos em excesso são redirecionados para estes locais, onde a eliminação é mais efetiva. A drenagem linfática facial é indicada para todas as faixas de idade. Adolescentes podem se beneficiar com o procedimento, já que ele reduz espinhas e acne e mantém a aparência da pele mais limpa e jovem.

As únicas contraindicações são para pessoas com câncer do sistema linfático, para prevenir contra eventuais metástases e para casos de acne severa, pois a massagem estimula a produção das glândulas sebáceas e pode agravar o quadro.

Os movimentos da drenagem linfática facial são feitos suavemente, da mesma maneira que ocorre na técnica corporal. Os toques e manobras têm por objetivo desobstruir os vasos linfáticos; com isto, aumenta a sensação de bem-estar, já que muitas substâncias nocivas são eliminadas.

A drenagem linfática facial tem objetivos estéticos, preventivos e terapêuticos. A prática estimula a ação do sistema imunológico, oxigena diversos tecidos do corpo (o rosto recebe maior aporte de oxigênio, fato que torna a pele mais viçosa) e direciona os líquidos retidos para os gânglios, facilitando a sua eliminação (pelo suor e pela urina), tonificando com isto a pele e retardando o envelhecimento precoce.

A técnica apresenta resultados satisfatórios, mas tem limites. A drenagem linfática facial ameniza problemas de origem vascular, mas não é indicada para retirar manchas ou eliminar rugas mais profundas. O tratamento deve ser acompanhado pelo adoção de exercícios físicos e de uma dieta saudável.

Uma vez que o procedimento atua na melhoria da circulação sanguínea, ele é um excelente auxiliar para a remoção de olheiras e bolsas na região dos olhos. No entanto, ele não consegue clarear a pigmentação profunda nestas áreas, nem manchas de qualquer natureza.

A frequência em que deve ser feita a drenagem linfática facial

A drenagem linfática facial deve ser indicada por especialistas da área, como dermatologistas, fisioterapeutas dermatofuncionais e cirurgiões. O procedimento pode ser aplicado por profissionais de nível técnico.

Recomendam-se massagens semanais. Os intervalos podem ser reduzidos, em casos de peles muito comprometidas. A frequência ideal depende sempre da avaliação clínica. Em geral, são receitadas dez sessões de drenagem linfática facial.

É importante garantir a manutenção do tratamento, para renovar a aparência. A drenagem não é um tratamento definitivo e deve ser retomado periodicamente. O prazo varia de acordo com a idade, a constituição orgânica e o estado da pele.

No período pós-operatório, a drenagem linfática facial é aplicada diretamente na área da cirurgia: ocorre a compressão dos líquidos retidos e a sua eliminação de maneira mais rápida, reduzindo inclusive o risco de infecções.

No caso de cicatrizes, os resultados são muito mais consistentes quando a drenagem linfática facial é realizada logo depois das lesões. Caso seja feita muito tempo depois, as probabilidades de eliminar as marcas são reduzidas, uma vez que a circulação sanguínea já está comprometida pelo inchaço provocado pelo trauma.

Faça você mesmo

A drenagem linfática facial pode ser feita em casa, sem necessidade de deslocamentos para clínicas ou spas. Para dar início ao procedimento, a pessoa deve lavar o rosto com água em abundância e se sentar em frente a um espelho que reflita todo o rosto, pescoço e colo. Mulheres de cabelos compridos precisam prendê-lo, para facilitar a massagem.

A primeira etapa consiste na massagem em movimentos circulares na região acima das clavículas. Não deve haver pressão excessiva: apenas a suficiente para que os músculos da área reajam ao estímulo manual.

Em seguida, repita o mesmo movimento atrás dos lóbulos das orelhas. Com os polegares logo abaixo das sobrancelhas, continue fazendo movimentos circulares por toda a área com as pontas dos dedos. A massagem tem início a partir do canto interno dos olhos.

O próximo passo é massagear o queixo, sempre em movimentos circulares com a ponta dos dedos, que devem subir do centro do queixo até a região atrás das orelhas. Em seguida, posicione os dedos na base do nariz e faça os movimentos também em direção da parte de trás das orelhas.

Os últimos movimentos da drenagem linfática facial caseira são dedicados à testa. Devem partir do centro superior do rosto e seguir também em direção às orelhas. A aplicação de um creme anti-idade logo após a drenagem linfática facial facilita a absorção dos princípios ativos.

O procedimento deve ser repetido por duas ou três vezes, para que os gânglios fiquem higienizados. A prática deve ser encerrada com massagens acima das clavículas, para direcionar líquidos e toxinas e pode ser feita diariamente, em apenas 15 minutos.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.