8 dicas para mães de primeira viagem

Teve seu primeiro filho e está cheia de dúvidas? Listamos algumas dicas para você se dar bem nesse passeio!

Nunca disseram que ser mãe seria fácil, e algumas delas chegam até a afirmar que é a coisa mais difícil do mundo. Enfim, não precisa se desesperar. Com algumas dicas você vai conseguindo, aos poucos, se tornar uma ótima mãe, com cuidado e atenção, e o seu filho agradecerá no futuro!

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

1. Limite as suas outras obrigações.

Você só vai ser uma nova mãe em alguns meses de sua vida inteira. Aproveite o momento e se entregue. Cuidar de alguém tão indefeso e gerado por você só trará satisfação.

2. Durma sempre que puder.

Tente descansar sempre que o bebê estiver dormindo ou sendo cuidado por outra pessoa. Quando essa folga acabar, o seu sossego também termina.

3. Cuide-se.

Você está colocando para fora uma quantidade enorme de energia, por isso é importante recarregar as baterias. Até mesmo um banho quente de 30 minutos, uma leitura curta ou um passeio com um amigo pode ajudar a rejuvenescer. Pense em duas ou três coisas que você poderia fazer em menos de uma hora para cuidar de si mesmo e faça acontecer.

4. Pense no choro do seu bebê como uma forma de comunicação.

Seu bebê precisa aprender que o mundo é um lugar confiável e seguro. Seu senso de confiança nele é um elemento essencial para todas as outras aprendizagens que ele vai fazer. Pode haver momentos em que nada parece ajudar, e você pode só precisa ficar perto, descontraindo e dando segurança até ele parar de chorar.

5. Aceite as ofertas de ajuda.

Você estará dando aos outros o dom de sentir-se incluído e útil no crescimento e cuidado do bebê, além de estar ajudando a si mesmo. Permita a ocasião sempre que tiver a oportunidade e que seja uma pessoa de sua confiança.

6. Peça ajuda se necessário.

Muitas pessoas ao seu redor poderiam estar interessadas em ajudar, mas podem não saber como ou o que oferecer. Você pode delicadamente perguntar se eles estariam disponíveis e se querem participar.

7. Junte-se com outras mães.

Uma das coisas mais difíceis de ser uma nova mãe é acreditar que você é o único se sentindo oprimida e confusa. Pode ser muito favorável passar um tempo com outras mães, tanto para você, quanto para elas. Procure apoio em grupos de atividades através do um hospital local, faculdade, escola, ou outros da comunidade. Dividir experiências é uma ótima forma de aprendizado!

8. Aceite sentir-se vulnerável.

Trazer um novo ser em sua vida muda tudo e para sempre. Seus sentimentos são simultaneamente aprofundados. Você pode até se encontrar repleta de lágrimas ou exultante a qualquer momento. Se você passar a compreender que essa vulnerabilidade é uma parte natural de ser uma mãe, conseguirá relaxar, tolerar e até saborear esses novos sentimentos.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.