8 dicas básicas para evitar as doenças nos seus pets

Através de cuidados que não exigem muito trabalho é possível assegurar que seu melhor amigo continue com saúde e energia.

Animais alegram o ambiente de qualquer família e por isso devem ser cuidados como se fosse mais um membro da casa.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Algumas ações podem evitar problemas de saúde que futuramente poderão aparecer, além de evitar sofrimento e gastos maiores, caso surjam doenças mais graves. Confira as dicas abaixo.

1- Compre ração de boa qualidade

Por quê? Ração barata possui muitos conservantes e excesso de sódio. Essas substâncias podem gerar a produção de pedras nos rins.
Evita: Urolitíase, uma doença relacionada aos cálculos no trato urinário, que podem gerar cistite nas gêmeas e obstruir a uretra dos machos, gerando a insuficiência renal.

2- Controle as guloseimas

Por quê? Petiscos e comidas gordurosas ou com muito tempero devem ser evitados, já que engordam e podem afetar o fígado, responsável por filtrar os alimentos no organismo.
Evita: Obesidade e Lipidose hepática, uma doença que concentra gordura no fígado, geralmente atingem os gatos, levando à morte.

3- Sempre ter água fresca

Por quê? Beber muita água auxilia no trabalho dos rins, além de hidratar o corpo.
Evita: Insuficiência renal, doença que altera a capacidade de filtragem dos rins e passam a reter ureia e creatinina (compostos tóxicos) e a eliminar água, vitaminas e proteínas do corpo. Se a doença não for tratada com antecedência, pode gerar pressão alta, infecções na região urinária, úlceras e até mesmo levar à morte.

4- Vacinar todos os anos

Por quê? É uma forma de imunizar o seu animal e garantir sua saúde e a de seus donos.
Evita: Diversas doenças como cinomose, parvovirose, hepatite infecciosa, adenovirose, coronavirose, parainfluenza e leptospirose, no caso dos cães; panleucopenia, rinotraqueite, calicivirose e clamidiose, nos gatos; e para cães e gatos a vacina antirrábica evita a raiva.

5- Vermifugar

Por quê? Animais que saem nas ruas podem se contaminar com germes, como por exemplo, a solitária.

Evita: infecção chamada Verminose, que afeta o intestino através dos parasitas que ali se instalam e provocam o retardamento do crescimento do animal, prejudicam a absorção de nutrientes, facilitam na perda de sangue e proteínas, e além de facilitarem o aparecimento de outras doenças.

6- Incentivar a prática de exercícios

Por quê? Animais que possuem sobrepeso podem ter problemas nas articulações.
Evita: Artrite, inflamação gerada pelo mau posicionamento da junta, afeta os movimentos e locomoção do bicho.

7- Castrar

Por quê? A esterilização antes do primeiro cio impede o aparecimento de infecções e tumores.
Evita: Piometria, uma espécie de infecção uterina causada por bactérias, que pode matar, além de câncer na mama ou próstata, a doença prejudica o funcionamento dos órgãos, e se for detectada por metástase (quando o câncer se espalha pelo corpo), a morte é inevitável.

8- Nunca medicar por conta própria

Por quê? O uso de remédios sem conhecimento para tal pode envenenar e até cegar o animal.
Evita: Intoxicação, provocada pela ingestão de substâncias tóxicas e catarata, opacidade nos olhos, que impede o contato da luz à retina, prejudicando a visão do animal.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.