07 medos que algumas pessoas tem sem motivo

Voar, usar celular no posto de gasolina, tomar vacina… saiba quais são algumas das coisas que muita gente teme, mas não deveria.

Uma aranha entrar na boca enquanto dorme

A chance de uma aranha entrar na sua boca é praticamente zero. Simplesmente não existem relatos de que alguém tenha acordado com uma aranha na boca ou engolido uma enquanto dormia – diferentemente do mostrado no cinema ou relatado nas rodinhas durante o recreio, na escola.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Pense no óbvio: as aranhas não iriam entrar em um buraco misterioso do qual sai ar quente, ou pior, chegar perto de um ser vivo que se mexe de forma inesperada, virando para um lado e para o outro. Além disso, muito dificilmente alguém dorme de boca aberta o tempo todo. Bom, talvez quem tem carne esponjosa no nariz, né? Mesmo assim, não é algo fácil de acontecer.

Tomar vacina

É, a gente sabe, volta e meia aparece algum caso na TV de bebê que foi levado pra ser vacinado e injetaram outra coisa que não a vacina, ou, de um adulto mesmo que foi se vacinar e teve uma reação horrorosa (tanto que agora nos postos do SUS os aplicadores são obrigados a mostrar as ampolas de vacina e sua data de validade para os pacientes). Sim, acontece, é possível. Mas não só estudos, a vivência também mostra que é extremamente raro. Não é o tipo de coisa que acontece todo santo dia. Reações adversas causadas por vacinas são extremamente raras, e sua possibilidade, remota, não justifica o pânico que algumas pessoas sentem em relação à vacinação.

A violência dos jogos de videogame

Sempre que acontece uma tragédia em massa – tipo a do rapaz que entrou num cinema com uma metralhadora e matou várias pessoas -, muita gente tocam no assunto do excesso de violência dos jogos, programas e filmes da TV. Mas a verdade é que, mesmo após diversos estudos sobre o assunto, especialistas não conseguiram ligar tragédias como essa com esse gênero de programa ou jogo. O máximo que se conseguiu provar foi a ligação entre pessoas que jogam esses games e atos de violência a curto prazo, mas não foi possível provar que pessoas que jogam games violentos são capazes de levar o que vivenciam na tela para a realidade.

Para se ter uma ideia, os Estados Unidos estão longe de encabeçar o Top 10 de países que mais consomem jogos violentos, e ainda assim superam todos os outros países no número de assassinatos em massa com arma de fogo.

Voar de avião

Viajar de avião já é muito mais seguro que viajar de carro ou de ônibus, e com os avanços da tecnologia aeronáutica a tendência é que essa segurança aumente cada vez mais. Sequestros de aviões e ações terroristas são raríssimas, e mortes em aviões também não são nem um pouco comuns. O céu é seguro e não há nada melhor do que olhar pela janelinha do avião e ver tudo pequenininho lá em baixo. Sem contar que o preço das passagens aéreas tem baixado cada vez mais, ou seja, voar não é apenas seguro, é vantajoso.

Usar o celular em posto de gasolina

Existe uma lenda de que os sinais de celulares (as ondas, enfim) podem causar incêndios em postos de gasolina. E o pior, essa informação já foi passada como verdadeira até por bombeiros. Mas a verdade é que não há nenhum caso relatado ou evidência de que esse tipo de acidente possa de fato ocorrer. Os verdadeiros responsáveis por incêndios em postos (que são extremamente raros) são os mais diversos, desde motoristas com eletricidade estática no corpo até pessoas com coragem (ou burrice) suficiente para usar o isqueiro perto da bomba de gasolina.

A única preocupação que se deve ter com o uso de celular em postos de gasolina é você não se distrair a ponto de cometer algum erro.

Engolir chiclete

Sim, tem gente que ainda tem medo disso. Talvez por achar que, como muitas avós dizem, “gruda nas tripas”. Mas a verdade é que uma simples goma de mascar não é páreo para o suco gástrico, e o sistema digestivo lida com ela numa boa. É claro, ainda assim não é saudável engolir chicletes, ninguém recomenda. Houve um caso de uma criança que mascava de 5 a 7 unidades de chiclete todos os dias e as engolia. Depois de um tempo, foi necessário aspirar o excesso de goma de mascar inserindo um cano pelo ânus. Isso provavelmente não vai te acontecer, a menos que você seja um “engolidor” de chicletes compulsivo.

“Destroncar” os dedos ou ter artrite por causa de estralo

Tem gente que acha uma delícia ouvir creck ao estralar os dedos. Tem gente que tem aflição e tem gente que tem medo de “destroncar” os dedos ou ganhar uma artrite por causa desse hábito. Mas isso não passa de mito. Estralar os dedos não é considerado nem benéfico nem maléfico para a saúde, e nenhum estudo foi capaz de comprovar que esse hábito possa causar doenças como a artrite – ou mesmo um destroncamento. Quando um médico diz que isso é possível, ele está querendo prevenir algo que não pode acontecer simplesmente pelo fato de que muitos deles ainda não conseguem acreditar que estralar os dedos não cause dano algum – além de irritar outras pessoas.

Conheça alguns medrosos:

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.